Our loss of wisdom

“Our loss of Wisdom” é uma ted Talk de Barry Schwartz acerca da perda de sabedoria práctica estimulada pelos sistemas de regras e incentivos. Não é uma Ted sobre arquitectura, mas a relação surge naturalmente numa área profissional fortemente condicionada por regulamentos, nacionais e locais, e onde os desejos dos clientes são frequentemente motivados por incentivos económicos e fiscais.

Barry Schwartz começa por definir Practical Wisdom como o cruzamento da capacidade de fazer o que está certo (moral will) e da capacidade de reconhecer o que significa fazer bem (moral skill). Desta forma, sistematiza as seguintes características:

  1. saber quando abrir excepções a cada regra;
  2. ter capacidade de improvisar, inventando soluções mais adequadas a contextos em mudança constante;
  3. utilizar estas capacidades para alcançar os objectivos certos;
  4. a sabedoria constrói-se, não é um dom inato.

A sabedoria prática depende, assim, da experiência. Exige tempo, empatia, possibilidade de testar, falhar e aprender com os erros. É esta sabedoria que originou e aperfeiçoou as formas de arquitectura tradicional que herdamos hoje.

Incapaz de lidar com o erro, ou numa tentativa, infrutífera, de o eliminar, a sociedade confia actualmente em duas ferramentas – regras e incentivos. Para Barry Schwartz, estas são insuficientes, pois apesar de possibilitarem melhorias a curto prazo, criam uma espiral decrescente destruidora do bom-senso e da sabedoria práctica, eliminando a necessidade (e subsequentemente a capacidade) de pensar.

Regras

Impossibilitam o improviso e a capacidade de aprender com os erros. São alheios aos contextos reais e às suas variações. Existem para prevenir o desastre, mas estimulam a mediocridade. Contrapõem-se à “moral skill”, a capacidade de fazer bem, procurando soluções adequadas a cada situação.

Incentivos

Eliminam a vontade de fazer a coisa certa pelas razões certas. Desencorajam questionamentos acerca de responsabilização e fomentam questionamentos com base apenas no ganho potencial. Sistemas de incentivos são facilmente subvertidos, desmoralizando (perda de moral will) mas também perdendo a moralidade.

Alternativas
Como alternativa, Barry Schwartz destaca a necessidade de conhecer a comunidade, estimulando a sua participação e envolvimento e inspirar as práticas correctas celebrando e dando a conhecer os bons exemplos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.