Rehab 2017

3rd International Conference on Preservation, Maintenance and Rehabilitation of Historical Buildings and Structure

A participação em conferências e encontros científicos é uma oportunidade importante no percurso de investigação. Por um lado, permitem ao investigador posicionar-se e disseminar os seus resultados. Por outro, potenciam o debate, a troca de ideias, estimulam a reflexão e a partilha de conhecimento.

Por princípio, o segundo seria o objectivo mais importante. No entanto, para que isso aconteça, é necessária uma predisposição do investigador para ouvir (mais do que fazer-se ouvir) e participar. O formato dos congressos académicos formais nem sempre contribui para que esta partilha aconteça de forma natural. As múltiplas sessões em paralelo e as apresentações sequenciais em curtos espaços de tempo, reduzem a disponibilidade para o debate. Sobretudo, o ambiente demasiado formal, limita a capacidade de os intervenientes criarem empatia, tornando-se pouco convidativo a diálogos que poderiam ser mais produtivos.

Este é um assunto que tem vindo a ser discutido em vários blogs de investigação, que incitam a “transformar a conferência num lugar onde a aprendizagem expansiva tem lugar“, contrariando a ideia de conferência que pretende apenas “maximizar as apresentações e não o diálogo“.

O Rehab 2017 é um desses eventos formais, académicos, com taxas elevadas e múltiplas sessões paralelas, onde tudo parece acontece a correr. Ou talvez esta seja apenas a percepção de quem estava profundamente nervosa e ansiosa perante a perspectiva de fazer a primeira apresentação desta investigação perante um público internacional. Confesso que não usufrui devidamente desta experiência, na qual apenas tive oportunidade de apresentar e assistir a duas outras apresentações. No entanto contribuiu para consolidar esta ideia de falta de empatia que existe nos encontros formais, que, de alguma forma, já tinha insinuada no artigo sobre o jantar-tertúlia da Ordem dos Arquitectos acerca de Reabilitação.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.